Início | Blog | Diabetes: a importância de medir a Glicemia e Hemoglobina Glicada

Diabetes: a importância de medir a Glicemia e Hemoglobina Glicada

A importância dos testes de glicemia e hemoglobina glicada no controle do diabetes

Você conhece a importância dos testes de glicemia e hemoglobina glicada para o diagnóstico e controle do diabetes? Saiba mais sobre os principais exames para diagnóstico e monitoramento da doença

Você, provavelmente, já ouviu falar dos testes de glicemia e hemoglobina glicada. Eles são os exames mais usados para diagnosticar e monitorar o diabetes.

Esses dois testes são realizados com uma pequena amostra de sangue, coletada da ponta de dedo. Para pessoas com diabetes, esses testes rápidos são fundamentais, permitindo um melhor acompanhamento da condição e, também, uma melhor qualidade de vida. No entanto, esses exames apresentam algumas distinções. Neste texto, trazemos uma explicação mais detalhada a respeito de cada um deles.

Teste rápido de glicemia mede o nível de glicose no sangue

Teste rápido - Medidor de Glicose - Proxima Alive X
Teste rápido feito em casa com medidor de glicose

O exame de glicemia é feito com um medidor de glicose, que verifica o nível de glicose no sangue no momento. E dá para medir a glicemia em casa, de forma prática e segura, utilizando um bom glicosímetro, como o Proxima Alive X.

Como resultado, esse teste pode apontar uma taxa de glicose que indique quadros de hipoglicemia (baixo nível de açúcar no sangue) ou hiperglicemia (excesso de açúcar). Por isso mesmo, o ideal é manter a glicemia em padrões considerados normais para o metabolismo do organismo (abaixo de 100 mg/dL em jejum).

Existem diferentes tipos de diabetes, mas no diagnóstico da pré-diabetes, por exemplo, é recomendado ficar em jejum por pelo menos 8 horas para medir a concentração de glicose no sangue. Por isso, esse teste é conhecido também como “glicemia em jejum”.

Hemoglobina glicada: é recomendado fazer a cada 3 meses

Teste rápido de Hemoglobina Glicada - Clover
Teste de hemoglobina glicada, realizado por profissional de saúde, que faz a contagem de células vermelhas do sangue ligadas à glicose

É necessário que um profissional de saúde realize o teste rápido de hemoglobina glicada. Ele faz a contagem do número de células vermelhas do sangue que estão ligadas a uma molécula de glicose.

Você não precisa estar em jejum para fazer o teste de hemoglobina glicada. Basta ir a uma farmácia ou outra unidade de saúde, onde um profissional de saúde habilitado irá colher uma pequena amostra de sangue do paciente. O resultado sai em 5 minutos, permitindo uma decisão rápida e precisa do profissional de saúde para cuidar de você.

A dosagem da hemoglobina glicada (também conhecida pela sigla HbA1c) maior ou igual a 6,5% indica a ocorrência de diabetes. Diferente do teste de glicemia, a HbA1c é recomendada se fazer a cada três meses, sempre considerando os valores de referência.

A Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) recomenda a medição em crianças e adolescentes a cada 3 a 4 meses, com no mínimo 2 medidas anuais​. Já em adultos (com controles estáveis) o padrão é de, ao menos, duas medidas ao ano. ​

A importância dos testes rápidos no controle do diabetes 

Testes rápidos são dispositivos de detecção de doenças que possibilitam diagnósticos adequados e confiáveis. Eles são fáceis de usar, econômicos e portáteis, permitindo uma tomada de ação imediata por um profissional de saúde. Os testes rápidos são importantes para saber sobre a saúde do paciente, mas não substituem o atendimento médico. Lembrando que outros exames podem ser solicitados para a confirmação do diagnóstico.

Neste artigo, você aprendeu sobre a importância dos testes de glicemia e hemoglobina glicada para o diagnóstico e controle do diabetes. Se você quiser mais informações sobre nossos produtos e avanços tecnológicos para diagnóstico de diabetes (e também controle dessa e outras condições de saúde), acesse www.proximadx.com/solucoes.

Fontes: Ministério da Saúde e Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD)

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

Receba com exclusividade os nossos conteúdos, direto no seu e-mail.

Compartilhe esse conteúdo:

WhatsApp
LinkedIn
Facebook
Email

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

Receba com exclusividade os nossos conteúdos, direto no seu e-mail.